Cena Absurdo

 

A loção salta do vidro francês
made in Algeria,
bate o bigode americano
made in Mexico,
rebate o espelho indiano,
a limpeza ricocheteando
o porcelanato italiano
até pousar no travesseiro
de gansos do Rio Danúbio
o crânio de um Prêmio Nobel

Esse locus amoenus flutua ao som de Mozart

Cruzeiro, resort ou mansão
habitados por gigantes da grana,
limpos por escravos de Governador Valadares
que choram para as mães
em smartphones da Malásia

*

Basta o casal cruzar o meu caminho,
para os corpos jogarem fogo ao gelo

A mão que vinha audaz não fala mais
e uma língua se esconde noutra boca

Eu sou Jesus Carlitos retornável

Pois não: dou de louquinho e passo reto,
refugiado que sou do global market

Diz bem quem diz que beijo faz milagre,
para mim, é espantalho de mendigo

Cluster Sonoro por Gustavo Bonin, Juliana Amaral e Micael Antunes: http://www.cenaabsurdo.com.br/cluster04/

(Cena Absurdo, Ateliê Editorial, Cotia-SP, 2016.)

 

Por Pedro Marques
10 dez. 2016

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Google+Share on LinkedIn